APRENDA A ESCOLHER A AGULHA CERTA PARA TRICOTAR

FacebookTwitterPinterestGoogle+WhatsApp

Sabia que existem vários tipos de agulha para tricotar? Para você que já conhece muito sobre o assunto, pode parecer uma pergunta “boba”, mas antes de começar a praticar eu pensava que a única agulha usada para essa finalidade era aquela reta e de plástico. Ledo engano.

As agulhas variam de tamanho e espessura, geralmente encontramos pelo menos a indicação de qual numeração de agulha usar na própria embalagem da lã. Mas independente disso, é importante saber tudo sobre elas, afinal, sem agulha não existe o tradicional tricô.

Escolhendo pelo Material:

Agulhas de plástico: é leve e oca, geralmente tem as numerações maiores e são mais grossas.

Agulhas de alumínio: são super leves e fáceis de manusear, pode ser revestida ou não. permite que a malha deslize facilmente, mas isso pode ser um ponto positivo e negativo, vai da prática de cada um, se ainda não usou, vale experimentar!

Agulhas de metal: são pesadas, então não é todo mundo que se adapta, também é lisa e faz com que a malha deslize facilmente, é ótima para quando for trabalhar pontos abertos.

Agulhas de madeira/bambu: são mais leves que as agulhas de metal e permitem que as malhas deslizem suavemente. As melhores são feitas com madeira de ébano ou roseira e uma dica: se a sua agulha de madeira/bambu começar a ficar áspera, é só dar uma lixadinha nelas!

Escolhendo pelo Tipo:

Agulhas de tricô clássicas: são as agulhas “tradicionais” de tricô,  a desvantagem de usa-las é que por serem compridas, grande parte do trabalho fica nas pontas e isso pode exigir um pouco de força nas mãos causando cansaço e dores também nos braços e ombros.

Agulhas de tricô auxiliares: são indicadas para fazer tranças e/ou pontos idênticos.

Agulhas de tricô de duas pontas: produzidas em plástico, alumínio ou madeira, são vendidas em conjuntos de 4 ou 5, essas agulhas são excelentes para tricotar luvas, meias ou outros trabalhos de tricô com tamanhos reduzidos.

Agulhas de tricô circulares: são indicadas para tricotar peças redondas ou em forma de tubo, mas podem ser usadas em trabalhos de tricô a direito, ponto positivo pois permite que a peça tricotada fique sobre o colo, fazendo com que as mãos e ombros não sintam a pressão do trabalho.

Agulhas de tricô flexíveis: são ótimas para trabalhos grandes e uma boa opção é usá-las no lugar das agulhas tradicionais, pois a espessura das agulhas são excelentes.

Agora conta pra gente, qual é a sua agulha preferida para tricotar?

Vamos adorar saber!

FacebookTwitterPinterestGoogle+WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.