Tricotando Minhas História com Viviane Piacentini

FacebookTwitterPinterestGoogle+WhatsApp

“Tricotando Minha História” de hoje é com a Viviane Piacentini. Garanto que você vai se surpreender com o que ela fez para continuar tricotando!

Fiquem a vontade para ler, comentar, se inspirar e tricotar!!!

Obs: não iremos alterar nada no conteúdo enviado, nossa intenção é deixar o mais original possível, assim sentimos mais a energia compartilhada!

photo_viviane_p
Nome
: Viviane Piacentini
Idade: 52 anos
Profissão: Técnica em Enfermagem

“Meu nome é Viviane e vou contar como a arte de tricotar começou.

Minha avó materna tricotava peças lindas pois em Curitiba faz muito frio, aos 8 anos vendo meu interesse ela me ensinou tricotar, aprendi o modo a Portuguesa.

Aprendi rápido fazia roupas pra minhas bonecas, com 9 anos ganhei de presente de natal uma máquina de tricô da Estrela foi o máximo fiz peças lindas pra Barbie. tricotando_minha_historia_tpp_viviane4

Mas gostava mesmo era das agulhas, então criar peças pra mim era desafiador, casei tive 5 filhos e fiz muita roupinha pra eles.

Gosto de fazer acessórios, gorros, cachecol, sapatos, mas ao longo dos anos tive muita dor nos punhos e mãos devido ao meu trabalho e a idade, então numa das consultas relatei ao médico que não conseguia mais tricotar e que ficar sem poder tricotar era o fim. Então, operei os dois punhos e com 15 dias pós cirurgia já estava tricotando, faço peças pra família.

Tricotar pra mim é como respirar.”

tricotando_minha_historia_tpp_viviane5Do lado esquerdo, Dona Jandira (94 anos). Foi ela que ensinou o tricô para Viviane. <3

tricotando_minha_historia_tpp_viviane2tricotando_minha_historia_tpp_viviane1

A Viviane me emocionou muito com sua história! Consegui sentir o amor dela pelo tricô e principalmente
o quanto isso era benéfico para ela.

Como sempre digo, a incapacidade está em nós, tanto quanto a capacidade de ir além do que desejamos!
A Viviane, não se importou em momento algum com as dores e consequências de uma cirugia, a única coisa que queria era as mãos livres de dores para tricotar!

Isso é prova do quão essa técnica é maravilhosa e uma de nossas missões é espalhar o benefícios do tricô.

Você pode saber muito ou pouco, mas o que importa é aprender, fazer, ensinar e propagar!

Parabéns Viviane e muito obrigada por compartilhar. <3

quote_viviane_pE se você também gostou e quiser compartilhar sua história é só enviar um email para:
contato@tricopassoapasso.com.br

“Tricotando Minha História” será postado toda quarta-feira, aqui no nosso site e nas redes sociais do Tricô Passo a Passo.

Grande abraço Tricoteiras :*

FacebookTwitterPinterestGoogle+WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.